Conheça os vencedores do Prêmio ECOERA 2016.

Moda

Conheça as empresas vencedoras do Prêmio ECOERA que aconteceu na Casa Vogue Experience

Premiação é a única do Brasil que avalia a sustentabilidade nos setores da moda, beleza e design

O Prêmio ECOERA, criado pela consultora Chiara Gadaleta para analisar as práticas conscientes em toda a cadeia produtiva nas indústrias da moda, beleza e do design anunciou, na última sexta-feira, os vencedores.

A premiação foi entregue para duas empresas em cada categoria, sendo uma até 49 funcionários e a outra acima deste número. A Damyller, confecção de jeans que criou um robusto sistema de gestão ambiental e tratamento de efluentes, e a Biosoftness, que desenvolveu uma tecnologia para aumentar a vida útil de roupas, fazendo com que ela sejam lavadas menos vezes, venceram a categoria Planeta.

Renan Serrano da Biosoftness, Chiara Gadaleta e Taissa Buescu.

Renan Serrano da Biosoftness, Chiara Gadaleta e Taissa Buescu.

 

Jordana Damiani da Dammyler recebe o Prêmio PLANETA das mãos de Silvia Rogar.

Jordana Damiani da Dammyler recebe o Prêmio PLANETA das mãos de Silvia Rogar.

Na categoria Pessoas, o Grupo Malwee e a Svetlana, marca de moda ética e vegana, foram as vencedoras.

Mariana da Svetlana entre Chiara Gadaleta e Diego Américo.

Mariana da Svetlana entre Chiara Gadaleta e Diego Américo.

 

Guilherme Moreno recebe o Prêmio ECOERA Pessoas para grandes empresas das mãos da Fabiana Scaranzi.

Guilherme Moreno recebe o Prêmio ECOERA Pessoas para grandes empresas das mãos da Fabiana Scaranzi.

A categoria ECOERA, que engloba Planeta e Pessoas – foi para Vert Shoes, marca sustentável de tênis, e para o Grupo Malwee. A única categoria que teve um único vencedor foi Design para o Empório Beraldin, empresa de tecidos, móveis e acessórios para decoração, que só usa produtos naturais em sua produção.

Claudio da Vert Shoes recebendo o troféu das mãos de Daniela Falcão.

Claudio da Vert Shoes recebendo o troféu das mãos de Daniela Falcão.

Guilherme Moreno do Grupo Malwee com Chiara, a top make up artist Letícia de Carvalho e Diego Américo da Amuse-ment.

Guilherme Moreno do Grupo Malwee com Chiara, a top make up artist Letícia de Carvalho e Diego Américo da Amuse-ment.

 

Chiara, Zeco Beraldin do Emporio Beraldin e a top Glamour Garcia.

Chiara, Zeco Beraldin do Emporio Beraldin e a top Glamour Garcia.

A cerimônia também prestou homenagem a Projetos Sociais que se destacam em sua área de atuação por meio da sustentabilidade. O Refettorio Gastromotiva foi lembrado pela atuação no Rio de Janeiro alimentando crianças órfãs e pessoas em situação de rua com excedente dos alimentos durante os Jogos Olímpicos. O Akra também foi homenageado pela organização e profissionalização da cadeira produtiva do artesanato no Maranhão e na Bahia. A ONG Banco de Alimentos também foi lembrado pelo trabalho de conscientização a respeito do desperdício de alimentos, além da distribuição deles para mais de 22 mil pessoas.

Raquel Mancini entregou a homenagem do Projeto AKRA, representado por Vinicius Aguiar.

Raquel Mancini entregou a homenagem do Projeto AKRA, representado por Vinicius Aguiar.

 

Alexandra Forbes recebeu a homenagem pelo projeto Refeitório em parceria com a Gastromotiva.

Alexandra Forbes recebeu a homenagem pelo projeto Refeitório em parceria com a Gastromotiva.

 

O Banco de Alimentos também foi um dos projetos homenageados. Na foto Chiara, Luciana Quintelo fundadora do projeto e a top jornalista ambiental Paulina Chamorro.

O Banco de Alimentos também foi um dos projetos homenageados. Na foto Chiara, Luciana Quintelo fundadora do projeto e a top jornalista ambiental Paulina Chamorro.

Sobre o ECOERA

O Movimento ECOERA foi criado em 2008 pela consultora de moda especialista em sustentabilidade, Chiara Gadaleta . Desde a sua criação o principal desafio foi integrar o mercado de moda, beleza e design às questões sociais e ambientais por meio de um conjunto de atividades, práticas e ações que aproximassem toda a cadeia produtiva de moda à sustentabilidade ambiental, social, econômica e cultural.

Esse esforço ajudou esses mercados a quebrar paradigmas e a inaugurar um novo capítulo em sua história, onde toda a cadeia – indústria, marcas, estilistas, arquitetos e público final – se unem para criar uma indústria mais consciente, em que ética e estética possam andar lado a lado.

O Prêmio ECOERA tem como missão promover empresas conscientes e multiplicar essas práticas por toda a indústria. A avaliação é realizada a partir da metodologia do Sistema B, movimento global que certificou mais de 1800 empresas até hoje e atua em mais de 50 países.

Tags: .

SHARE